Balada do desajeitado

Escala: F MAIOR Balada Do desajeitado – D.A.M.A

f a a
a a# a a g g
c c C
C C C
a# a# a g a g
a g f f f g f d
d g g g a g
f e d c
d f e e f f

a g f
f f g f g f a a
a C C a# a# a a g
g f g f g f a a
a g f
f f g f g f a a
a C C a# a# a a g
g f g f a f f f

a g f
f D D D
C C C a
a a# a# a# a# a a g
g f g f g a a a

a g f f
D D D
D C C C
a a# a# a# a g g
f g f a f f f . . .

f a a
a a# a a g g
c c C
C C C
a# a# a g a g
a g f f f g f d
d g g g a g
f e d c
d f e e f f . . .

sei de alguém
por demais envergonhado
que por ser desajeitado
nunca foi capaz de falar
só que hoje
vê o tempo que perdeu
sabes que esse alguém sou eu
e agora vou te contar

sabes la 
o que_é que tenho passado
estou sempre a fazer»te sinais
e tu não me tens ligado
e aqui estou eu
a ver o tempo passar
a ver se chega_o tempo
o tempo de te falar

eu não sei
o que_é que te hei»de dar
nem te sei
inventar frases bonitas
mas aprendi uma ontem
só que já me esqueci
então olha só te quero a ti

eu não sei
o que_é que te hei»de dar
nem te sei
inventar frases bonitas
mas aprendi uma ontem
só que já me esqueci
então olha só te quero a ti

Comments